O projeto social Botão de Flor oferece cursos para capacitação profissional de mulheres transexuais e travestis em situação de vulnerabilidade social na cidade de São Paulo – SP. O objetivo é oferecer aulas de desenvolvimento de produtos de moda, com a estrutura e materiais necessários, gerando capacitação, trabalho e renda a esse público em extrema vulnerabilidade social.

Os cursos são ministrados por professores e alunos de Têxtil e Moda da EACH-USP e profissionais envolvidos no universo da moda. Além disso, o Botão de Flor trabalha com o conceito de resíduo zero e reaproveitamento de materiais doados. O projeto aceita doações de tecidos, aviamentos, peças de roupa e outros materiais de matéria-prima que são utilizados no desenvolvimento de produtos exclusivos Botão de Flor.

Aula do projeto Botão de Flor

 

A intolerância e o preconceito levam à evasão escolar de travestis e mulheres transexuais, o que afeta o convívio social e a inserção desse público no mercado de trabalho. São indivíduos com dificuldade de acesso à educação e à qualificação profissional. Isso aumenta a vulnerabilidade dessas pessoas e as expõe ao preconceito e à violência, vivendo à margem da sociedade.

É um público que necessita de visibilidade e precisa ocupar espaços, estar presente nas ruas, escolas, universidades e mercado de trabalho para que gradualmente ocorra sua inclusão social. O projeto pretende ser um instrumento social a favor dos direitos dessa comunidade, com o intuito de trabalhar a autoestima dessas pessoas estimulando o empreendedorismo em uma indústria cultural. Um editorial de moda e um evento de encerramento apresentará os resultados do projeto Botão de Flor à sociedade, com um desfile de apresentação dos produtos de modae venda das peças, com toda a renda revertida em prol do projeto e das alunas.

Categorias: Institucional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *